Programas - MAPEAMENTO DE PROCESSOS

Para evidenciar a modernização no modelo de gestão pública da UFRN, o DAP estruturou todos os seus processos e procedimentos na ferramenta de Mapeamento de Processos.

Sabe-se que as organizações são constituídas por uma complexa combinação de recursos (capital humano, capital intelectual, instalações, equipamentos, sistemas informatizados etc.) interdependentes e interrelacionados, que devem perseguir os mesmos objetivos, e cujos desempenhos podem afetar positiva ou negativamente a organização em seu conjunto. Nesse contexto, o mapeamento dos processos facilita a integração entre as diversas unidades das organizações.

Macroprocesso é um modelo de gestão que agrega atividades afins desenvolvidas no âmbito de um determinado órgão ou empresa.

Para o mapeamento, são levados em consideração uma série de fatores, tais como:

- Definição dos processos, subprocessos e sub-subprocessos que os compõem;
- Identificação dos fornecedores e clientes;
- As atividades desempenhadas;
- O produto gerado;
- Os recursos alocados e disponíveis;
- Os resultados esperados;
- Indicadores de Desempenho (Objetivos e Metas);
- Outros (Referenciais de Comparação – “Benchmarking”, etc.).

Após estudo conjunto, o DAP identificou 8 (oito) macroprocessos chaves, a saber:

- Atendimento ao Público;
- Processamento da Folha;
- Controle de Cargos, Funções e Movimentação;
- Registro Funcional;
- Benefícios, Licenças e Incorporações;
- Apoio Técnico;
- Ausências; e
- Apoio Administrativo.

Para saber mais detalhes do mapeamento de processos implementado no DAP, acessar o menu “Apresentação”e clicar na opção “Mapeamento de Processos”.

Portal do DAP - Departamento de Administração de Pessoal © Copyright 2010. Todos os direitos reservados.
UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte